Open main menu
This page is a translated version of a page Commons:License laundering and the translation is 100% complete. Changes to the translation template, respectively the source language can be submitted through Commons:License laundering and have to be approved by a translation administrator.

Shortcut: COM:LL

Other languages:
Deutsch • ‎English • ‎dansk • ‎español • ‎français • ‎italiano • ‎polski • ‎português • ‎português do Brasil • ‎sicilianu • ‎suomi • ‎čeština • ‎русский • ‎українська • ‎العربية • ‎فارسی • ‎नेपाली • ‎मराठी • ‎မြန်မာဘာသာ • ‎中文 • ‎日本語 • ‎한국어

As obras que estão na wiki Wikimedia Commons têm de ser publicadas com uma licença livre pelo detentor dos direitos de autor. A menos que quem carregue o ficheiro na wiki Commons seja o detentor desses direitos, exigimos prova de que o detentor do direito de autor publicou a obra com a licença. Normalmente isto é feito enviando uma autorização por correio eletrónico, ou colocando uma declaração pública no site do detentor dos direitos de autor.

Por vezes, há utilizadores que carregam uma imagem proveniente de um site que declara disponibilizá-la com uma licença livre quando, na realidade, o próprio site está a usá-la sem autorização (e muitas vezes sem fazer a atribuição da autoria original). Chama-se a isto lavagem de licenças e é particularmente frequente acontecer com sites de partilha de fotografias, como o Flickr ou o Arquivo de Álbuns Picasa, que permitem que os utilizadores especifiquem uma licença livre para as suas imagens. Estes carregamentos podem não ser detetados como infringências do direito de autor, já que o site fonte parece fornecer «prova» da licença.

Se existir suspeita de lavagem de licenças, mesmo que o utilizador afirme ser detentor do direito de autor, o ficheiro de ser nomeado para eliminação.

Porque, historicamente, isto tem acontecido com mais frequência com o Flickr, também se encontra o termo lavar no Flickr (Flickr washing) para referir a lavagem de licenças realizada através do Flickr.

Detetar a lavagem de licenças

Há várias formas de detetar a lavagem de licenças. Uma das mais simples é pesquisar a imagem — usando palavras-chave do título ou da descrição, ou usando motores de pesquisa de imagens como o TinEye ou o Google Imagens &madsh; e ver se é possível encontrar um site fonte oficial. Em geral, os ficheiros com licenças lavadas estão disponíveis noutros sites da Internet, embora também possam ser digitalizações de fontes impressas.

Outra técnica simples é ver as outras fotografias na mesma página ou no mesmo site de origem. Verifique os metadados EXIF se estiverem disponíveis. As imagens foram tiradas na mesma altura, usando a mesma câmara, e no mesmo local? Elas têm a mesma resolução e apresentam o mesmo estilo artístico ou nível de qualidade? Ou são todas drasticamente diferentes uma da outra? Uma mistura destas características sugere reprodução de imagens alheias sem permissão, enquanto imagens semelhantes entre si quase sempre indicam legitimidade.

Examine o site fonte para determinar quem carregou as imagens. Em sites como o Flickr, esta informação pode estar disponível no perfil do utilizador. A informação pode dar algumas pistas sobre a identidade e profissão da pessoa que carregou a imagem. Se o ficheiro é de alta qualidade, deve ser possível identificar quem o carregou como profissional ou amador qualificado. Se o ficheiro retrata modelos ou celebridades, espera-se que quem o carrega seja alguém que trabalha com celebridades.

Finalmente, muitas vezes é útil contactar o site fonte (por exemplo, enviando uma mensagem ao utilizador no Flickr) e indagar educadamente a procedência da imagem em questão. Geralmente, a pessoa que usou a imagem não tem problemas em esclarecer que não é de facto o detentor dos direitos de autor, e que copiou simplesmente a imagem de outro sítio.

Ver também