Open main menu
This page is a translated version of a page Commons:License laundering and the translation is 42% complete. Changes to the translation template, respectively the source language can be submitted through Commons:License laundering and have to be approved by a translation administrator.

Outdated translations are marked like this.

Shortcut: COM:LL

Other languages:
Deutsch • ‎English • ‎dansk • ‎español • ‎français • ‎italiano • ‎polski • ‎português • ‎português do Brasil • ‎sicilianu • ‎suomi • ‎čeština • ‎русский • ‎українська • ‎العربية • ‎فارسی • ‎नेपाली • ‎मराठी • ‎မြန်မာဘာသာ • ‎中文 • ‎日本語 • ‎한국어

Todos os trabalhos que estão na Wikimedia Commons devem ter sido disponibilizados sob uma licença livre pelo próprio detentor dos direitos autorais. A menos que quem faça o upload na Commons detenha aqueles direitos, nós exigimos prova de que o detentor dos direitos autorais tem disponibilizado seu trabalho sob a licença. Isso normalmente é feito mediante apresentação de autorização enviada por e-mail, ou pela referência à postagem de uma declaração pública no website do detentor dos direitos autorais.

Algumas vezes, usuários irão fazer upload de imagem proveniente de site que declara disponibilizá-la sob uma licença livre, quando na realidade aquele site está usando a imagem ilicitamente, sem permissão — muitas vezes sem qualquer atribuição de autoria! Isso é chamado lavagem de licença e é mais comum acontecer com websites de serviços para compartilhamento de fotografias, tais como o Flickr ou o Picasa Web Albums, que permitem que seus usuários especifiquem uma licença livre para as imagens que publicam. Tais envios podem não ser detectados como violações de copyright, já que o website fonte parece "evidenciar" uma licença de uso.

Se há suspeita de lavagem de licença, mesmo que o usuário na fonte esteja afirmando ser dono do copyright, o arquivo na Commons deve ser nomeado para eliminação.

Devido a historicamente isso ter acontecido mais com Flickr, é muito comum encontrar o termo Flickr washing sendo empregado para referir-se à lavagem de licença que é realizada via Flickr. Qualquer outro site de hospedagem de imagens que permita seus usuários licenciarem as imagens sob licenças livres podem gerar o mesmo problema, produzindo assim algo como um Picasa washing ou um Panoramio washing, e assim por diante.

Detectando lavagem de licença

Existem muitas maneiras de detectar lavagem de licença. Uma das mais simples é pesquisar pela imagem usando palavras-chave copiadas de seu título, nome ou descrição, ou usando buscadores de imagens tais como o TinEye ou o Google Pesquisa por Imagens, e ver se um website fonte oficial pode ser encontrado. Geralmente, arquivos lavados estão disponíveis outros sites da Internet, embora eles possam ter sido escaneados de fontes impressas.

Outra técnica simples é olhar para as outras fotos incluídas na mesma página ou que estão no mesmo website de origem. Olhar se metadados EXIF estão disponíveis. As imagens foram tomadas quase ao mesmo tempo, usando a mesma câmera, e no mesmo local? Elas tem a mesma resolução e apresentam o mesmo estilo artístico ou nível de qualidade? Ou são todas drasticamente diferentes uma da outra? Uma miscelânea de imagens sugere reprodução de imagens alheias sem permissão, enquanto imagens semelhantes quase sempre podem indicar legitimidade.

Examine o website fonte para determinar quem fez o upload das imagens. Em sites como o Flickr, essa informação pode ser colhida entre as informações dos perfis de usuário. Aquelas informações podem chegar identificar quem fez o upload, inclusive com detalhes sobre a profissão da pessoa etc. No caso do arquivo ter uma alta qualidade, espera-se que o usuário que fez seu upload seja um fotógrafo profissional ou amador qualificado, um hobista. Se o arquivo retrata modelos ou celebridades, espera-se que a pessoas que fez o upload seja alguém que trabalha com modelos ou celebridades.

Finalmente, muitas vezes é útil contactar o website fonte (enviar mensagem para o usuário do Flickr ou do Picasa Web Albums, por exemplo) e educadamente indagar sobre a procedência das imagens em questão. Geralmente a pessoa que tomou uma imagem emprestada ficará feliz em poder esclarecer que não é de fato o detentor dos direitos autorais, e que simplesmente copiou a imagem de um outro lugar.

See also